Resenha: Belo Desastre


Belo Desastre,
de Jamie McGuire,
editora Verus.





O livro é narrado por Abby Abernathy, uma garota de 18 anos que, ao lado de sua amiga America, se muda para outro estado com o intuito de seguir uma vida completamente normal. Mas ocorreu o imprevisível: Travis Maddox.

Travis é o tipo de cara que Abby quer  e precisa  evitar de qualquer maneira. Mas ela não se vê capaz disso a partir do momento que ele sente uma forte atração por ela. 

E então tudo tem início com uma aposta. Caso Travis perca, ele terá que ficar um mês sem sexo e, no caso da Abby, ela teria que morar durante um mês no apartamento dele. Mas o que ele não esperava é que encontraria uma adversária à altura.

Em meio a todo esse "drama" adolescente, o passado obscuro que Abby tenta esconder a qualquer custo está vindo a tona e tudo o que ela mais teme ameaça entrar na sua vida novamente. Após uma série de acontecimentos irremediáveis todo o suspense do livro ascende. 

A sinopse não demonstra nem um pouco toda a trama que é presenciada no livro. E, não irei negar que, apesar de ser relaxante e um fato a se relevar, o livro chega a ser um pouco bobo de início: uma vida normal de uma adolescente normal que, aparentemente, não quer transar com o cara da fraternidade. Mas você mal percebe quando o livro, repentinamente, está levando-lhe pra uma série de intrigas e mistério.

Eu li algumas resenhas negativas em relação a ele Belo Desastre,  e alguns blogueiros acharam o romance "um pouco exagerado" ou até "irreal". E tenho que concordar. Mas isso é um livro; é uma representação de acontecimentos. Personagens criados com o intuito de ocupar aqueles que os conhecessem. Se fosse o caso da escritora  escrever a história de uma vida exorbitantemente tediosa e ordinária, ela pararia qualquer pessoa na rua e a perguntaria como foi o seu dia. E   creio eu  não é isso que acontece.

O livro possui uma narrativa fácil e leve que não te faz perceber a quantidade de páginas que leu até que tenha lido pelo menos a metade dele de uma só vez. E  não estou exagerando quando digo  se não fosse por essa narrativa, eu não teria chegado a ler o livro inteiro. Tanto pelo suspense  que não é um assunto que me agrada  mas também pelo romance  que ficaria massante se não estivesse muito bem trabalhado. 

E, apesar de que uma sequência de fatos aconteceram rápido demais no fim do livro, acho que caso a autora se prologasse em uma sequência, ou até mesmo em mais uma centena de páginas seria um esforço desnecessário. 

Se tivesse que resumir o livro em apenas uma palavra, ela seria: cativante.

Um comentário:

  1. Este livro é um de nossos desejos de leitura!!!!
    Quando der certo vai ser o primeiro que vamos ler :D

    http://www.4youbooksmania.blogspot.com

    ResponderExcluir